Wagakki Band: a mistura entre a tradição e o moderno que deu certo
11/04/2018 - 16h31 em Música

Imagina a seguinte cena: instrumentos clássicos japoneses e instrumentos contemporâneos que conseguem ter uma sonoridade harmônica.

Sim, pode parecer loucura. No entanto, uma banda conseguiu isso e é bem famosa hoje em dia: a Wagakki Band. Misturando elementos tradicionais japoneses e batidas modernas, a Wagakki Band conquistou milhares de fãs no Japão e ao redor do mundo.

 

Origem do nome 'Wagakki' 

 

Uma curiosidade bem legal é que, de acordo com o dicionário japonês, o termo "Wagakki" pode ter significado nos instrumentos tradicionais japoneses, que nem o Brasil com o MPB.

São compostas por 25 instrumentos divididos em três categorias: cordas, sopro e percussão. E podemos ver isso nesse grupo musical, que começou com um CD com músicas próprias baseadas nos sucessos do Vocaloid.

 

Início da banda

 

A banda teve início quando a Yuko Suzuhana, vocalista principal, junto com Kaminaga Daisuke (shakuhachi) e Ibukuro Kiyoshi (koto), formavam o Hanafugetsu. Basicamente uma banda de J-Pop com a mesma premissa da Wagakki Band, porém, com uma pegada mais tradicional e a vocalista também tocava piano.  

Foi Yuko, a vocalista, que deu a ideia de formar uma banda com um estilo musical que misturasse os sons tradicionais japoneses com os fortes elementos musicais contemporâneos, como guitarras e bateria. E assim nasceu a Wagakki Band.

A partir de 2012, a banda foi se formando. Os três integrantes fundadores conheceram Machiya, o atual guitarrista do grupo e anteriormente famoso por sua participação em outras bandas. 

 Logo em seguida, foi o Kurona. Ele já havia trabalhado com Daisuke e Kiyoshi em alguns outros projetos e foi apresentado a Yuko. E então adicionado a banda como um tocador  wadaiko ou, como conhecemos, taiko (você pode ver um pouco do talento do Kurona no link: https://www.youtube.com/watch?v=o1MU1os6psQ)

Wasabi, que era um amigo íntimo de Kurona, se juntou logo como baterista. Seu debut no mercado musical foi com o vídeo da canção do Vocaloid: "Tsuki Kage Mai Ka" (月 · 影 · 舞 · 華). Feito com a ajuda de um colega de banda, Kanade, que interpretou o shamisen e o amigo de Wasabi, Shirakami Mashiro, que ajudou com o baixo.

Em 2014, houve a grande estreia comercial da Wagakki Band com o álbuim "Vocalo Zanmai", contendo músicas baseadas nos grandes sucessos do Vocaloid, como "Senbozakura" e dentre outros. 

A junção do estilo teatral, roupas clássicas japonesas e as músicas que remete à um estilo folk e estilos folclóricos foram o que fizeram da banda, não um sucesso em seu país, como mundial. A banda já se apresentou em vários países, por exemplo: EUA e Singapura.

  

Integrantes

 

A Wagaki Band é composta por oito instrumentistas: 

- Baterista;

- Baixista;

- Tocador de tsugaru-jamisen (alaúde japonês);

- De eusa  koto (harpa japonesa);

- De shakuhachi (flauta japonesa);

- Baterista de taiko;

- Beni Nanigawa: shamisen;

- Asa: baixo. 

E a cantora Yuko Suzuhana, a vocalista principal. 

Eles se fundem habilmente aos instrumentos japoneses tradicionais com rock contemporâneo, e atualmente estão sob o rótulo da gravadora Avex Trax.. 

Embora o palco às vezes possa ficar pequeno com tantos instrumentos e integrantes, todos conseguem tocar com uma harmonia sem igual. 

  

Opinião sobre a banda

 

Minha opinião sobre a Wagakki  Band: o grupo representa um conceito bem japonês. Porém, consegue unir perfeitamente o tradicional (representado com os instrumentos clássicos) e o moderno (bateria, guitarra e baixo).

Eu sempre prezei por isso, a valorização da nossa cultura. Seja o folclore, costumes ou a musicalidade. Os japoneses sempre conseguiram enaltecer o tradicional e ainda assim ver a sua cultura também de uma forma mais moderna.

 

E assim me despeço com essa excelente banda que me conquistou.

Sidney Pottier.

 

COMENTÁRIOS